.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De segunda a Sexta das 8:30h às 11:30h e 13h30 às 17h06

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Saúde - Segunda-feira, 18 de Abril de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Monitoramento Dengue

Agentes de endemias intensificam trabalho de fiscalização e monitoramento de focos do mosquito da dengue


Monitoramento Dengue

Diferentemente da Covid-19, a dengue não é transmitida entre humanos, mas por meio da picada do mosquito Aedes Aegypti. A doença cresce no fim do verão, uma vez que o mosquito gosta de temperaturas moderadas e de chuva. Por isso, acabar com locais que possam servir de criadouro para o mosquito é o principal objetivo da Secretaria Municipal da Saúde de Pejuçara. Dois agentes de endemias percorrem os bairros e o centro da cidade para eliminar objetos que possam acumular água. O trabalho é realizado regularmente em 1.800 imóveis, incluindo residências, prédios comerciais e terrenos. Para desenvolver o trabalho a ajuda da comunidade é importantíssimo, destaca a Agente de Endemias, Taisi Sisti.

“ Os agentes de endemias com o apoio dos agentes comunitários fazem o levantamento do índice de infestação do mosquito, bem como, destroem todos os objetos que estão jogados a céu aberto. Coletam larvas que são enviadas para o laboratório da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde. O apoio da comunidade também faz a diferença nesse trabalho, se cada um fizer a sua parte vamos conseguir manter essa doença bem longe da nossa cidade”.

Neste ano, o município de Pejuçara não registrou nenhum caso de dengue, mas o apelo é para que cada um faça sua parte, já que muitas cidades do Rio Grande do Sul registram alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti.

 O Estado tem mais do que o dobro do número de casos no mesmo período de 2021. De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES-RS), 7.982 casos de dengue foram contabilizados em 2022 no Estado até 12 de abril – cinco pessoas morreram. No mesmo intervalo do ano passado, foram 3,9 mil casos, com três mortes. Atualmente, 435 dos 497 municípios gaúchos já registraram casos de dengue, o maior número desde que o governo estadual começou a monitorar a doença, em 2000.

390 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
UF - 2024

R$ 505,78

.
URM - 2024

R$ 5,93

.
.

Prefeitura Municipal de Pejuçara - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.