05/06/2019 20h00 - Atualizado em 05/06/2019 20h00

Programa Saúde na Escola beneficia crianças da EMEI Maria Schuster


Programa Saúde na Escola beneficia crianças da EMEI Maria Schuster

Numa iniciativa da Administração Municipal, através da Secretaria Municipal da Saúde e Programa Saúde na Escola(PSE), integrantes das equipes de saúde realizaram nesta quarta-feira(5) na Escola Municipal de Educação Infantil Maria Schuster e EMEI Pró Infância uma ação preventiva que beneficiou as crianças que frequentam os educandários.

Conforme a enfermeira Jaqueline Amaral Bessa, Coordenadora do PSE, durante a atividade as crianças da escola infantil tiveram seu peso e altura avaliados, através da avaliação antopométrica, avaliação odontológica além de terem verificado o cartão de vacina. O trabalho, atinente ao Programa Saúde na Escola,de acordo com ela, neste mês de junho será realizado em dois momentos, no entanto a partir de julho será realizado mensalmente.

Participaram da ação de saúde preventiva, além da coordenadora Jaqueline Amaral, a nutricionista Ângela, os odontólogos Franciele e Sérgio, além da técnica em enfermagem Claudete Zamberlan e agentes de saúde Vaine e Makele.


Programa Saúde na Escola beneficia crianças da EMEI Maria Schuster

Programa Saúde na Escola beneficia crianças da EMEI Maria Schuster

O Programa Saúde na Escola(PSE) desenvolvido através do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação em parceria com os municípios visa à integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida dos educandos. O PSE tem como objetivo contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção da saúde, de prevenção de doenças e agravos à saúde e de atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino. O público beneficiário do PSE são os estudantes da Educação Básica, gestores e profissionais de educação e saúde, comunidade escolar e, de forma mais amplificada, estudantes da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica e da Educação de Jovens e Adultos(EJA).





Edição: Antonio Brito 

Assessoria de Comunicação


Enviar por e-mail Imprimir