28/04/2020 9h13 - Atualizado em 28/04/2020 9h14

Administração dá início a trâmites para reformar ponte do Tabuão em Linha Cambará


Administração dá início a trâmites para reformar ponte do Tabuão em Linha Cambará

A Administração Municipal de Pejuçara deu início na última semana aos trâmites legais para encaminhar o Licenciamento Ambiental visando dar início as obras de reforma e ampliação da ponte do Tabuão, localizada em Linha Cambará.

Conforme o prefeito Eduardo Buzzatti, neste primeiro momento, foi contratada a empresa Maxxim Ambiental de Tapejara, que atua no mercado desde 2012 entregando soluções planejadas e eficientes na área ambiental, para fazer a vistoria do local onde serão realizadas as obras e montar laudos da flora e da fauna existentes para que o município possa posteriormente fazer o encaminhamento do licenciamento ambiental necessário para a reforma da ponte. O estudo técnico ficará pronto nos próximos dias.

Administração dá início a trâmites para reformar ponte do Tabuão em Linha Cambará

O fiscal ambiental Francis Bisognin informa que todo o serviço de reforma e ampliação que implique na remoção de partes integrantes do meio ambiente exige procedimentos legais e um deles é a licença para a instalação da estrutura necessária para a ampliação. Neste sentido é a empresa Maxxim Ambiental fará os laudos necessários para a obtenção da licença junto ao órgão oficial ambiental.

Além do licenciamento ambiental para as atividades, a empresa também trabalha com cadastro técnico, estudo de impacto ambiental e monitoramento com auxílio de drone. No local também está sendo feito levantamento topográfico e demais procedimentos técnicos necessários para a autorização.

A expectativa é de que a partir do trabalho de levantamento que está sendo feito para encaminhamento do licenciamento ambiental, a autorização para realização da reforma e ampliação seja obtida em 20 ou 30 dias.

Em relação a supressão necessária de algumas árvores do local, o fiscal ambiental Francis Bisognin disse que haverá o replantio dessa flora junto ou nas imediações da própria ponte e também em Área de Preservação Permanente existente no bairro Modelo.

Edição: Antonio Brito 

Assessoria de Comunicação



Enviar por e-mail Imprimir