12/02/2020 9h19 - Atualizado em 12/02/2020 13h58

Ação técnica de bloqueio químico busca evitar proliferação do mosquito da Dengue


Ação técnica de bloqueio químico busca evitar proliferação do mosquito da DengueA Administração Municipal de Pejuçara, através da Secretaria Municipal da Saúde atuou de maneira enfática na contenção da proliferação do mosquito vetor da Dengue em ação desenvolvida sob orientação técnica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde(CEVS) e técnicos da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde(CRS) de Ijuí no final da tarde dessa terça.

A ação ocorreu após a notificação de quatro casos suspeitos de Dengue no município de Pejuçara. Os pacientes, segundo o informado pela SMS teriam contraído os sintomas em viagens para outros municípios do Estado. Na tarde dessa terça-feira(11) o prefeito Eduardo Buzzatti recebeu em seu gabinete o responsável pela Secretaria Municipal da Saúde(SMS) Erasmo Daronco, acompanhado de Carlos Ferreira e Glênio Rosa, Agentes de Saúde do Centro Estadual de Vigilância em Saúde(CEVS) e o biólogo Marcelo de Moura Lima da 17ª CRS de Ijuí.

Na reunião o Chefe do Executivo foi informado da situação detectada no município, bem como, as ações que seriam realizadas de forma a combater a proliferação de possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti. Erasmo Daronco lembrou que os casos suspeitos estão sendo acompanhados pelas equipes de saúde do município e são aguardos os exames laboratoriais encaminhados para o Laboratório Central(Lacem) na Capital Gaúcha.

Ação técnica de bloqueio químico busca evitar proliferação do mosquito da Dengue

Nessa terça feira, a partir de recomendação da Vigilância Estadual, através dos técnicos da CEVS juntamente com técnicos da 17ª CRS foi realizado o bloqueio vetorial com produto químico nos quarteirões que circundam pontos onde os quatro casos suspeitos foram notificados. Os agentes realizaram o bloqueio químico com a ação de eliminação dos mosquitos vivos e que possam estar contaminados a partir da coleta das amostras realizada durante a semana. “O trabalho realizado foi respaldado e orientado pela Vigilância Estadual com a supervisão dos técnicos da regional de saúde de Ijuí. Trabalhamos pontualmente numa ação coesa, orientada para obtermos os melhores resultados prevenindo os focos do Aedes e o aparecimento da Dengue. Não se trata de uma ação aventureira, mas sim, altamente técnica”, ressaltou o responsável pela SMS Erasmo Daronco.

Ação técnica de bloqueio químico busca evitar proliferação do mosquito da Dengue

Ele lembrou a necessidade de que a população esteja alerta para eliminar possíveis criadouros do mosquito, fazendo a limpeza de vasos, recipientes onde a água possa ficar acumulada-parada e também as piscinas que não estejam sendo utilizadas. “No trabalho realizado nesta semana foram coletadas amostras de larvas, mesmo neste período onde registramos estiagem, o que significa que o índice de infestação no município de Pejuçara poderá estar acima do preconizado pelo Ministério da Saúde. Isso gera o risco de uma epidemia a partir da existência do vírus circulante na cidade, por isso é importante que cada morador faça a sua parte e nos ajude no combate e prevenção ao mosquito transmissor da Dengue. Não podemos ficar relapsos neste momento, por isso a necessidade de uma intervenção mais direta para a eliminação dos focos existentes”, concluiu.

Edição: Antonio Brito 

Assessoria de Comunicação



Enviar por e-mail Imprimir